Reportagem - Noticias ao Minuto

December 12, 2014

Instrutor "O krav maga foi ensinado aos judeus para se defenderem de nazis e árabes"

Ver artigo

 

Pedro Costa é instrutor de krav maga e é cada vez mais requisitado para ensinar vítimas de violência doméstica a defenderem-se. Até novembro, a PSP recebeu 12312 queixas. E o Governo anunciou esta semana um reforço de 1,2 milhões de euros para ajudar na prevenção e combate do problema.

 

Não há competição no krav maga. Não faz sentido, uma vez que o objetivo desta arte marcial israelita é responder de forma eficaz a um ataque. Ou seja, pode matar. Mas Pedro Costa não defende a violência. Longe disso. Só mesmo em último caso. Elemento da PSP, da unidade de inativação de explosivos, é também cinturão negro e o mais credenciado instrutor de krav maga original - como o próprio o diz - em Portugal. "Uma pessoa simplesmente tem o direito de se defender se for atacada."

 

Pedro Costa e um grupo de outros instrutores apresentaram na semana passada no Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) um documento com vista a regulamentar o ensino do krav maga em Portugal. A modalidade tem registado um enorme crescimento, mas "cada um faz o que quer", segundo o instrutor que abriu recentemente a sua escola em Almada - a krav maga original.

 

"Hoje em dia, há gente a dar aulas em que a única coisa em comum é só mesmo o nome krav maga", afirma. Pedro Costa, 39 anos, já foi "ranger" e atualmente trabalha no Centro de Inativação de Explosivos e Segurança em Subsolo, subunidade operacional da Polícia de Segurança Pública (PSP), a que muito poucos conseguem aceder. Em 2007, decidiu ir para Israel aprender krav maga na escola do seu fundador: Imi Lichtenfeld.

 

O que é o krav maga?

É uma arte marcial israelita que tem as projeções do judo, os deslocamentos e as chaves do aikido, os golpes de braço de um boxer, os pontapés de um karateca e a mentalidade de um guerreiro. Hoje em dia, muita gente vê o krav maga mais como uma atividade de fitness do que um método de defesa pessoal. Mas o seu real objetivo é ensinar as pessoas a defendedem-se de uma situação de perigo de maneira rápida e eficaz. "Faz o que pode, mas faz bem". Era este o lema de Imi Lichtenfeld, o homem que criou, desenvolveu e deu nome à modalidade. Krav maga quer dizer "combate próximo".

 

Como começou a ser praticado? Por que o seu fundador juntou tantas artes marciais numa só?

Imi Lichtenfeld nasceu na Hungria e cresceu em Bratislava, onde praticou vários desportos, desde o boxe à luta greco-romana, passando pela ginástica. Até trapezista de circo foi. Quando os nazis se começaram a espalhar pela Europa, Imi forma um grupo para ensinar judeus a defenderem-se. Na cabeça dele ainda não existia o krav maga, ele só lhe começou a chamar assim em 1971. Antes era apenas defesa pessoal, Imi foi ensinando aos judeus técnicas simples, que fossem rapidamente aprendidas, para se defenderem dos nazis.

 

Foi, então, por isso que a primeira escola nasceu em Israel...

Foi o próprio Imi que a criou. Durante a II Guerra Mundial, ele fez parte da legião checa e, quando a guerra e o holocausto terminaram, foi criado o estado judaico na Palestina. Os britânicos, a favor dos muçulmanos, tentaram deportar os judeus, de barco, para Chipre. Mas Imi saltou para a água e esteve três dias à deriva. Sobreviveu e juntou-se aos combatentes na guerra pela independência. As terras tinham-lhes sido dadas, mas os árabes não queriam sair. Imi tornou-se instrutor de um grupo de guerrilha em Israel e, como era difícil ter armamento e munições, Imi ensinou-os a defenderem-se de todas as maneiras possíveis. Ele costumava dizer: "Make your body a weapon" [trad. faz do teu corpo uma arma].

 

Por que também usam o nome bukan krav maga?

Bukan foi o nome que o sucessor de Imi, o seu discípulo Yaron Lichtenstein, deu à escola que fundou, a primeira a ser certificada pelo governo israelita para conceder diplomas de instrutor. Bukan é a espada de treino de madeira dos samurais. Yaron quis homenagear o país das artes marciais. Aliás, nós usamos a faixas com o judo e aprendemos os nomes das técnicas e chaves em hebraico, como os judocas aprendem em japonês.

 

O que fez o krav maga tão popular no mundo do fitness?

Acho que teve mão de Hollywood. Em 2002, Jennifer Lopez foi a protagonista de um filme chamado "Enough", em que foi aprender krav maga para se defender do marido que lhe costumava bater.

 

Aparecem-lhe mulheres vítimas de violência doméstica?

Tive uma aluna que me apareceu, ao volante de um BMW, com a cara toda negra. Disse-me que era espancada todos os dias pelo marido e queria aprender a defender-se. Isso já foi há bastante tempo e encontrei-a recentemente. Contou-me que tinha partido o nariz ao marido e ele tinha pedido o divórcio. Esses maridos são como leões esfomeados e essas mulheres têm de saber defender-se.

 

Uau... Não corre o risco de estar a formar monstrinhos, que depois se tornam agressores em vez de vítimas?

Essa é a tarefa do professor. Isto é uma escola do bem. É defesa pessoal, não é ataque pessoal. O que ensino é que uma pessoa tem o direito de se defender se for atacada, não ensino a ser ela a atacante. Obviamente não consigo controlar isso completamente, mas ninguém fica na minha escola se agir dessa maneira. Também tenho muitos casos de miúdos que são vítimas de bullying, e os próprios pais querem que eles aprendam a defenderem-se.

 

Qual o perfil desses miúdos. O típico "nerd"?

Não só. Às vezes são mimados de mais, criados num casulo. Trabalhamos mais a parte psicológica do que física. Basta eles mudarem de atitude e os agressores não lhes tocam mais. Eles não chegam a colocar o que aprendem em prática, porque, antes disso, deixam de andar de cabeça baixa. Os agressores, assim que vêm a atitude do miúdo, escolhem outra vítima.

 

Portanto, o krav maga não é uma mera atividade desportiva. Aprende-se mesmo a lutar.

É curioso que, quando tento levar o ensino de um movimento à perfeição, os alunos que querem ser agressores vão-se embora. Eu quero levar o movimento ao máximo da perfeição, porque na rua só tens uma hipótese, se falhas podes estar arrumado. Quem fica nas minhas aulas é gente de bem, não tem pressa de aprender e está cá porque gosta.

 

Quanto tempo demora a treinar uma pessoa para se autodefender?

Eu diria que em seis meses a um ano já consigo pôr uma pessoa diferente. Fazemos muitos exercícios que obrigam a trabalhar o inconsciente, de modo a que os atos saiam automaticamente. Como colocar mudanças num automóvel. O diabo está entre o pensamento e o movimento. Quando pensas na rua estás morto!

 

SAIBA QUE

Pedro Costa, faixa preta desde o início de 2007, é frequentemente convidado, pelo exército e polícia de outros países, para dar formação a forças especiais. Já deu aulas a um grupo do famoso BOPE brasileiro, bem como aos comandos angolanos do Cabo Ledo. O krav maga, num nível mais avançado, também implica aprender a manejar e lançar armas, sejam de fogo ou brancas.

 

3,2

Esta é a carga que uma traqueia aguenta. Ou seja, se uma pessoa atacar de forma certeira a traqueia de um agressor, o canal que conduz o ar aos pulmões e está situado na frente do pescoço aguenta apenas 3,2 quilos de pressão. "Depois disso esmaga", afirma Pedro Costa. "Os dedos e os nós dos dedos podem ser excelentes armas. Ou uma caneta, por exemplo. Tem de ser é no sítio certo. Levar isso à perfeição não é assim tão fácil. Um soco mete 15 a 20 quilos. Se acertas, acabou, está morto..." Por isso, Pedro Costa diz não fazer qualquer sentido existir competição de krav maga. "Tinham de tirar metade das chaves e técnicas para poder haver lutas. Quando muito podem-se fazer competições de algumas técnicas", acrescentou

 

VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E BULLYING

O krav maga original, escola de Pedro Costa, já estabeleceu um protocolo com a Santa Casa da Misericórdia para dar aulas a jovens em risco. Também está a ultimar conversações com a UMAR - União de Mulheres Alternativa e Resposta para dar formação a mulheres vítimas de violência doméstica. "Têm 500 e tal mulheres sinalizadas só na zona de Lisboa. Mais de 100 vivem em casas de abrigo. Até junho deste ano morreram mais mulheres do que o ano passado todo. E, por isso, vou dar-lhes aulas de borla", diz Pedro, que garante ser o krav maga uma excelente forma de uma pessoa não só saber defender-se e exercitar-se, mas também ganhar autoestima. "Recebo muitos emails de pessoas que sofrem de stress pós-traumático ou sentem falta de segurança", afirma. Crianças a partir dos seis anos podem começar a praticar.

 

Please reload

Featured Posts

Apresentação - Krav Maga Original - LOKHEM

February 17, 2015

1/4
Please reload

Recent Posts

October 28, 2015

Please reload

Search By Tags
Please reload

Follow Us
  • Facebook Clean
  • YouTube Clean

© 2014 by Pedro Costa

Acompanhe-nos!

  • Facebook Clean
  • White Instagram Icon
  • YouTube Clean
  • Google+ - White Circle
LOKHEM Krav Maga Original